Todas as notas

Os cálculos de Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, assumiu o cargo calculando arrecadar R$ 1 trilhão com a venda das empresas ainda controladas pelo Estado brasileiro. Se concretizada, a intenção deixaria o Brasil em uma situação possivelmente inusitada no cenário mundial, um país sem estatais. Em março de 2019, ele aumentou a aposta, afirmando: “O Salim está todo animado, porque ontem ele ...

Read More »

Mikhail Gorbatchov aos 90: a mudança da história mundial

Neste momento, os europeus experimentam um período de profunda ansiedade, causado pela pandemia de Covid-19 e pela escalada das tensões estratégicas entre os Estados Unidos, Rússia, China e Europa. Sob esta ótica, devem-se revisar os últimos 30 anos de História, em particular, a história da reunificação da Alemanha em 1990 e o fim do comunismo na União Soviética e na ...

Read More »

A ilusão da “potência ambiental”

“Uma das coisas que a gente mais estuda hoje e confia que vai ser um caminho importante para a economia e a sociedade brasileira é pensar o Brasil como uma potência ambiental.” “Nossa tese é que o meio ambiente é o maior diferencial competitivo que o Brasil tem. O caminho para o desenvolvimento do Brasil é ser uma potência ambiental. ...

Read More »

O “atlanticismo verde” anglo-americano

O componente “ambiental/climático” da reorganização estratégica do eixo oligárquico anglo-americano, que podemos chamar “atlanticismo verde”, em grande medida, expressado na pauta apresentada pelo presidente estadunidense Joe Biden, na cúpula climática virtual de 22-23 de abril (ver nota anterior), é um fator ao qual o Brasil devem prestar a maior atenção. As manifestações recentes de dois altos funcionários do governo do ...

Read More »

Biden e a farsa da “liderança climática”

A agenda de “liderança climática” dos EUA, tentativamente exercitada na cúpula virtual convocada pelo presidente Joe Biden, em 22-23 de abril, não passa de um elaborado jogo de cena. Basicamente, ela tem dois objetivos: 1) compensar parcialmente a perda de hegemonia estratégica frente à emergência do eixo eurasiático – China, Rússia, Irã etc. – como o novo centro de gravidade ...

Read More »

Quem é Joe Biden para julgar o Brasil?

O Brasil é um Estado nacional soberano e, ao que consta, não existe um “governo mundial” liderado pelo presidente estadunidense Joe Biden. Apesar da obviedade, lideranças políticas, intelectuais e celebridades diversas parecem ter deixado o óbvio de lado, a julgar pela sequência de “apelos” feitos nos últimos dias ao titular da Casa Branca, a quem pediram um endurecimento da atitude ...

Read More »

Paulo Guedes, o alfaiate do imperador

No célebre conto de Hans Christian Andersen, um embusteiro se finge de alfaiate e empenha-se em extorquir um vaidoso imperador, arrancando-lhe muito dinheiro em troca da promessa de confeccionar um luxuoso traje que, no entanto, segundo ele, apenas pessoas inteligentes poderiam ver. Quando, por fim, o monarca decide desfilar pela cidade para exibi-lo, todos fingem admiração com a magnificência da ...

Read More »

Campeões do neoliberalismo promovem investimentos públicos em infraestrutura

No Reino Unido e nos EUA, berços do neoliberalismo e grandes paladinos retóricos do afastamento do Estado das economias, os investimentos públicos em infraestrutura voltam à baila, como respostas ao débil desempenho das duas economias, em especial, levando-se em conta a necessidade de uma robusta recuperação dos efeitos da pandemia de Covid-19. Em março, o governo britânico anunciou planos de ...

Read More »

Soberania sobre Amazônia vale mais que US$ 1 bilhão

Apesar de ter uma inédita agenda ambiental orientada pelos interesses maiores do País e não ditada pelo aparato ambientalista-indigenista internacional, como nos governos anteriores, o governo do presidente Jair Bolsonaro corre um sério risco de persistir na linha equivocada dos seus antecessores, no que tange à disposição de seguir na dependência de recursos externos para a implementação das políticas setoriais. ...

Read More »

Histeria sobre Amazônia e clima não tem a ver com Ciência, mas com hegemonia

Ninguém se iluda: a histeria global sobre as mudanças climáticas e a suposta “devastação” da Amazônia não tem nada a ver com evidências científicas ou fatos reais, mas com a preservação a qualquer custo da agenda hegemônica das antigas potências dominantes do Hemisfério Norte. Hegemonia que se acha mortalmente ameaçada pela instabilidade intrínseca do sistema financeiro internacional baseado no dólar ...

Read More »