Author Archives: Geraldo Luís Lino

IPCC reforça “Reset” do Fórum de Davos

Menos de cinco quilômetros separam os endereços do secretariado do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) e do Fórum Econômico Mundial (WEF), respectivamente, nas aprazíveis cidades suíças de Genebra e Cologny. E se a distância física é pequena, ela se reduz a zero na concordância das agendas das duas entidades para a implementação de uma irreal economia de “carbono zero” ...

Read More »

E lá vamos nós outra vez, com o Dia da Sobrecarga da Terra…

Sempre atento aos grandes problemas globais – ou, pelo menos, àqueles criados por ele próprio –, o aparato ambientalista-indigenista internacional voltou a assombrar os incautos do planeta com a sua patranha pseudocientífica, o Dia da Sobrecarga da Terra. Para quem o desconhece, é a data hipotética em que a humanidade “esgotaria” a capacidade anual de renovação dos recursos naturais à ...

Read More »

Não, Natalia Pasternak, não é assim que a Ciência funciona!

A pandemia de Covid-19 fez com que a grande mídia abrisse espaço para vários representantes do meio científico, convidados a apresentar os aspectos científicos e médicos da doença e do seu enfrentamento, além de questões referentes à Ciência em geral. Infelizmente, a maioria desses comentaristas tem seguido uma linha acirradamente oposta ao mal denominado tratamento precoce (que deveria ser chamado ...

Read More »

A destruição do CEITEC e a “Síndrome de Eugênio Gudin”

Nos seus dois séculos de vida independente, o avanço do Brasil tem sido sistematicamente obstaculizado pela obsessão de um importante segmento das suas elites dirigentes em perseguir um modelo de economia fortemente subordinado a fluxos de capitais externos e baseado na equivocada visão de uma suposta vantagem comparativa do País como exportador de produtos primários. Com a sua grande influência ...

Read More »

“Escassez” deliberada ameaça novo apagão no Brasil

Em 28 de junho, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, fez um pronunciamento em cadeia nacional para “tranquilizar” o País quanto à “possibilidade de racionamento de energia, como aconteceu em 2001”. Segundo ele, essa “preocupação de muitos brasileiros” se justifica pelo fato de o Brasil enfrentar “uma das piores secas de sua história… a maior dos últimos 91 ...

Read More »

Barbarossa, 80 anos

“Dortmund! Mohn! Kresse! Aster! Aster!” Há 80 anos, essas palavras de código sinalizaram a deflagração da maior investida militar da História, a Operação Barbarossa, invasão da União Soviética pelas forças da Alemanha Nazista de Adolf Hitler, que resultaria em quase quatro anos da maior carnificina da II Guerra Mundial, com a morte de 30 milhões de seres humanos, entre militares ...

Read More »

Bomba-relógio na educação superior e pesquisa

A educação e a pesquisa científica nunca ocuparam lugares de destaque na agenda nacional brasileira, com poucas exceções. Antes de 1930, o País não tinha sequer um ministério dedicado à educação, que, durante a República Velha, era atribuição de um departamento do Ministério da Justiça. As primeiras universidades datam apenas das primeiras décadas do século XX, quase um século após ...

Read More »

Paulo Guedes, onde estão os R$ 5 bilhões do MCTI?

A pergunta, exposta em um anúncio publicado no jornal O Globo de 13 de maio, reflete dois fatos graves do atual momento brasileiro: a facilidade com que o ministro da Economia Paulo Guedes faz declarações descompromissadas com a realidade e a ameaça de colapso do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, sufocado pelas brutais restrições orçamentárias determinadas por Guedes e sua ...

Read More »

A ilusão da “potência ambiental”

“Uma das coisas que a gente mais estuda hoje e confia que vai ser um caminho importante para a economia e a sociedade brasileira é pensar o Brasil como uma potência ambiental.” “Nossa tese é que o meio ambiente é o maior diferencial competitivo que o Brasil tem. O caminho para o desenvolvimento do Brasil é ser uma potência ambiental. ...

Read More »

Soberania sobre Amazônia vale mais que US$ 1 bilhão

Apesar de ter uma inédita agenda ambiental orientada pelos interesses maiores do País e não ditada pelo aparato ambientalista-indigenista internacional, como nos governos anteriores, o governo do presidente Jair Bolsonaro corre um sério risco de persistir na linha equivocada dos seus antecessores, no que tange à disposição de seguir na dependência de recursos externos para a implementação das políticas setoriais. ...

Read More »