Todas as notas

China: Livro Branco de Defesa prega não hegemonia

A China acaba de divulgar a sua estratégia de defesa, parte fundamental do consistente projeto nacional que, segundo as expectativas das suas lideranças, deverá transformar o país na primeira potência mundial até 2049, quando se completará o centenário da República Popular da China. Intitulado “Defesa Nacional da China na Nova Era”, o documento foi publicado pelo Conselho de Estado e ...

Read More »

Amazônia, ficção contra realidade

A visita do presidente Jair Bolsonaro a Manaus (AM), em 25 de julho, proporcionou um bizarro choque de visões sobre as perspectivas da Amazônia, o qual denota um grau de desconhecimento potencialmente perigoso sobre a região em altas autoridades governamentais. Acompanhando o presidente na reunião do Conselho de Administração da Zona Franca de Manaus, o ministro da Economia Paulo Guedes ...

Read More »

Brasil: quando neoliberalismo e marxismo se juntam

O momento do governo do presidente Jair Bolsonaro é preocupante. Enquanto o ministro da Economia Paulo Guedes pisa fundo na ortodoxia inspirada no liberalismo britânico do século XIX, a tradicional política externa independente do País é atropelada em favor da adesão automática à agenda dos “neoconservadores” de Washington, empenhados em afastar o Brasil (e a Ibero-América) de um posicionamento internacional ...

Read More »

50 anos da Apollo 11: hora do “Imperativo Extraterrestre”

No sábado 20 de julho, completa-se meio século da missão Apollo 11 da NASA (Agência Nacional de Aeronáutica e Espaço), que protagonizou a primeira de seis missões tripuladas que desceram na Lua, entre 1969 e 1972. Em um evento comemorativo realizado em Cocoa Beach, Flórida, em 17 de julho, a pouca distância do Centro Espacial Kennedy, a base de lançamentos ...

Read More »

O ilusionismo creditício de Paulo Guedes

No final de junho, diante do desastroso desempenho da economia, o superministro Paulo Guedes anunciou a intenção de liberar para os bancos privados mais de R$ 100 bilhões dos depósitos compulsórios retidos no Banco Central, como forma de estímulo para novos créditos, após a aprovação da reforma da Previdência pelo Congresso. Com a reforma praticamente assegurada, embora sem o suculento ...

Read More »

O perigo de uma nova “Crise dos Mísseis de Cuba”

A recusa dos setores mais radicais do Establishment dos EUA em aceitar a dinâmica da mudança de época global, com a determinação da aliança estratégica Rússia-China para promover uma nova ordenação cooperativa e não hegemônica para o cenário mundial, está criando uma situação potencialmente explosiva, que pode resultar em um novo conflito de grandes proporções. De Washington, não cessam de ...

Read More »

Rússia, China e a “armadilha de Tucídides”

Ao mesmo tempo em que aprofundam a sua aliança estratégica de fato, a Rússia e a China estão empenhadas em enfatizar que a proposta de um novo paradigma cooperativo para a ordem mundial, embora seja oposta às pretensões hegemônicas dos EUA, não representa qualquer tentativa de ocupar o seu lugar como hegemon de plantão, a conhecida “armadilha de Tucídides”. A ...

Read More »

Amazônia: não basta falar grosso, é preciso exercer plenamente a soberania nacional

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, rebateram com firmeza e até rispidez as “preocupações” da chanceler alemã Angela Merkel com o desmatamento no Brasil e as críticas do presidente francês Emmanuel Macron à política ambiental brasileira. Em visita ao Parlamento alemão, na quarta-feira 26 de junho, ela afirmou que pretendia “ter ...

Read More »

Um outro 5 de junho

Nem todos sabem que 5 de junho, data escolhida como o Dia Mundial do Meio Ambiente, é uma referência ao início da Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente Humano, realizada em 1972. Mais conhecida como Conferência de Estocolmo, por ter sido realizada na capital sueca, foi a primeira grande reunião que colocou a nascente questão ambiental no primeiro plano ...

Read More »

Macron: “crise pode levar à guerra”

Se os graves desequilíbrios da globalização não forem corrigidos, a atual fase do capitalismo não puser fim aos seus excessos e a responsabilidade social não voltar a ser prioridade, as democracias correrão sérios riscos, até mesmo de uma nova guerra. A advertência é do presidente francês Emmanuel Macron, proferida em um discurso na sede da Organização Internacional do Trabalho (OIT), ...

Read More »