Assuntos internacionais

O “atlanticismo verde” anglo-americano

O componente “ambiental/climático” da reorganização estratégica do eixo oligárquico anglo-americano, que podemos chamar “atlanticismo verde”, em grande medida, expressado na pauta apresentada pelo presidente estadunidense Joe Biden, na cúpula climática virtual de 22-23 de abril (ver nota anterior), é um fator ao qual o Brasil devem prestar a maior atenção. As manifestações recentes de dois altos funcionários do governo do ...

Read More »

Senilidade estratégica global do Reino Unido

A velha inclinação imperialista das elites dirigentes do Reino Unido constitui um vício difícil de ser combatido, mesmo que implique na condição de serem sócias minoritárias – e subordinadas – das suas contrapartes dos EUA, a superpotência que tomou o lugar do Império Britânico na disputa pela hegemonia global. Apenas tal adicção explica as quase surreais – além de ilusórias ...

Read More »

“Grande Reset”: o Sol nunca se põe para os colonialistas

Apontado como uma espécie de transformação histórica da economia mundial pelos seus idealizadores, o chamado “Grande Reset” (adotando a nomenclatura já popularizada na língua portuguesa) não passa de uma reencadernação pós-moderna do velho impulso imperial britânico, compartilhado com novos protagonistas, análoga à reformulação encetada pelos estrategistas do Império Britânico no pós-guerra, quando a sua sustentação na forma original se mostrou ...

Read More »

Os muros que a pandemia está ajudando a derrubar

A luta contra a pandemia de Covid-19, com a frenética busca de uma vacina efetiva para a imunização da população mundial, proporciona uma grande oportunidade para a construção de uma base de cooperação para um combate efetivo a essa e outras doenças epidêmicas, assim como a fome, aprofundada pela disseminação do coronavírus, que constituem as verdadeiras emergências globais. Em essência ...

Read More »

Choques, disrupções e a pandemia global: uma resposta aos desafios emergentes em 2021

A “invasão” do Capitólio estadunidense, em 6 de janeiro, representa uma “escrita na parede”. Insuflada e encorajada pelo presidente Donald Trump, que havia sugerido a milhares de apoiadores que protestassem “contra os resultados eleitorais ilegais”, uma “multidão” de militantes invadiu o prédio, onde o Senado e a Câmara dos Deputados se reuniam para discutir a certificação do presidente eleito Joe ...

Read More »

Elide Cabassi: retrato de uma singular artista italiana em Moscou

(N.E. – Este artigo foi escrito originalmente em novembro de 2020.) “Lugares de Fronteira” foi o título de uma extraordinária exposição da pintora italiana Elide Cabassi, realizada no Museu do Estado de Moscou, entre 23 de outubro e 22 de novembro de 2020. O evento foi patrocinado pela embaixada da Itália em Moscou e pelo Instituto Cultural Italiano, tendo o ...

Read More »

EUA: racha expõe “governo mundial”

A censura coletiva imposta pelas empresas controladoras das grandes redes sociais estadunidenses ao presidente Donald Trump e numerosos dos seus seguidores, na sequência dos episódios de 6 de janeiro, expôs às claras as motivações, o modus operandi e o ânimo da cúpula do Establishment oligárquico que domina o país, pilar central da hierarquia de poder que temos qualificado como “governo mundial” – termo que ...

Read More »

Valdai em tempos de pandemia: fragmentação global ou “nova ordem mundial”?

A 17ª reunião anual do Clube de Discussões de Valdai foi realizada em Moscou, entre 20-22 de outubro, sob condições restritas, devido à pandemia de Covid-19. O tema geral foi, precisamente, “As lições da pandemia e a nova agenda: como transformar a crise mundial em uma oportunidade para o mundo”. A conferência foi organizada em cinco sessões e um debate ...

Read More »

EUA: o “tudo-ou-nada” na Venezuela (com Brasil a tiracolo)

A turnê sul-americana do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeu, visitando a Guiana, Suriname, Brasil e Colômbia, entre 17 e 20 de setembro, não teve apenas o propósito de reforçar a posição do presidente Donald Trump junto a alguns setores hispânicos do eleitorado para as eleições de 7 de novembro. Embora, no momento, todas as ações da política externa ...

Read More »

Eleições nos EUA: se correr, bicho pega, se ficar, bicho come

A pouco mais de dois meses das eleições presidenciais nos EUA, as lideranças brasileiras de todos os setores tratam de avaliar as possibilidades de vitória dos dois candidatos e, em especial, as implicações de cada um para as relações bilaterais. Tarefa complicada pelo fato de que, pela primeira vez, um governo brasileiro deixa de lado o pragmatismo habitual da diplomacia ...

Read More »