Ibero-América

Na OEA, duro golpe na máfia dos “direitos humanos”

Em uma ação inusitada na história da Organização dos Estados Americanos (OEA), o atual secretário-geral, Luis Almagro, vetou a renovação do mandato do brasileiro Paulo Abrão como secretário-geral da até então intocável Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da entidade. O argumento usado por Almagro foi uma coleção de acusações de conduta indevida contra Abrão, as quais não foram devidamente ...

Read More »

O orçamento militar e o “Sistema da Dívida”

Em sua coluna no Globo de 5 de setembro, o jornalista Ascânio Seleme, reforçando um editorial do jornal no mesmo dia, manifestou o grande desconforto de alguns setores oligárquicos internos e externos com o crescente protagonismo das Forças Armadas na vida nacional (preocupação que, aliás, se estende a outros países, como o México). Tomando como pretexto o aumento de 4,83% na dotação ...

Read More »

Brasil: luta interna no Governo e o surgimento de um “Momento Hamilton”

A crise econômica causada pela pandemia de Covid-19 no Brasil deixará cerca de 20 milhões de desempregados, por enquanto, sustentados pela ajuda extraordinária concedida pelo governo federal. Tendo tais números assombrosos como pano de fundo, trava-se dentro do Governo uma acirrada disputa entre o ministro da Economia Paulo Guedes e sua equipe ultraliberal e o grupo de ministros ligados à ...

Read More »

Brasil: a urgência de um “Momento Hamilton”

Após a família Mesquita, no tradicional “Estadão”, coube aos irmãos Marinho utilizarem um editorial de O Globo para manifestar o alarme da casta dirigente brasileira com os crescentes questionamentos à ortodoxia financeira pró-rentista do ministro da Economia Paulo Guedes, dentro do Governo Bolsonaro, mencionados em outro artigo publicado neste sítio (“Brasil: o teto ou a vida”). No domingo 2 de agosto, o ...

Read More »

Brasil: o teto ou a vida

Em um editorial publicado em 27 de julho (“Urgência e oportunismo”), o tradicional jornal O Estado de S. Paulo proclamou a apreensão da casta dirigente brasileira com a mera possibilidade de um desvio do Governo Bolsonaro da ortodoxia financeira pró-rentista hegemônica desde a década de 1990, da qual tem sido beneficiária exclusiva. Como enfatizado anteriormente neste sítio, o sinal de alarme soou ...

Read More »

Alexander Hamilton, além dos fuzis

Com o título “Alexander Hamilton, honra e fuzis”, o desembargador Fabio Prieto escreveu um brilhante artigo publicado no jornal O Estado de S. Paulo em 27 de junho, no qual comenta sobre o Federalista 78, texto escrito pelo grande revolucionário e estadista estadunidense em 1788, como parte das difíceis discussões sobre a futura Constituição dos Estados Unidos da América, já independentes da Grã-Bretanha mas ...

Read More »

Cai a fantasia da “relação com Trump”

No terceiro volume das suas memórias, publicado em 2012, o ex-secretário de Estado estadunidense Henry Kissinger descreveu assim o Itamaraty: “O serviço civil brasileiro, especialmente, o Ministério das Relações Exteriores, é de padrão mundial, sutil, inteligente e persistente. Os diplomatas brasileiros perseguem os seus objetivos de forma tão tenaz, charmosa e quase anônima, que seus interlocutores sempre correm o risco ...

Read More »

O “retábulo das maravilhas” do 22 de abril

Obcecada em encontrar um caminho para o impedimento do presidente Jair Bolsonaro, a maioria dos meios de comunicação e redes sociais se perdeu nos destemperos verbais do presidente e de vários de seus ministros, deixando passar os fatos mais importantes da notória reunião do gabinete no Palácio do Planalto, em 22 de abril, divulgada por ordem do ministro do Supremo ...

Read More »

Preparando o “day after”

Por Maynard Marques de Santa Rosa* O efeito devastador da paralisação da economia, em consequência do coronavírus, terá um desfecho fatal inevitável. O componente social será o mais agudo, representado pela massa de milhões de trabalhadores desempregados, muitos famintos e todos insatisfeitos. É hora de despertar para esta realidade os planejadores públicos de todos os níveis, com vistas a antecipar ...

Read More »

Política externa: choques de realidade

Dois episódios recentes sugerem que, pelo menos na orientação da política externa, o governo de Jair Bolsonaro parece estar se acomodando aos requisitos da realidade, em contraste com o enfoque ideológico inicial do governo. De fato, de um alinhamento semiautomático e incondicional com os EUA de Donald Trump – o pretenso “salvador da civilização judaico-cristã”, na visão do chanceler Ernesto Araújo –  o mundo real se ...

Read More »