Author Archives: Editoria

Cazaquistão: sem espaço para jogos geopolíticos

O breve, mas violento, conflito interno que incendiou o Cazaquistão nos primeiros dias do ano, ainda não teve as suas causas totalmente esclarecidas. Pelas informações disponíveis, observou-se ali uma dinâmica já ocorrida em outros países colocados na agenda estratégica dos altos círculos hegemônicos do Atlântico Norte, com protestos populares pacíficos e com motivações socioeconômicas e/ou políticas sendo seguidos por ações ...

Read More »

Como as ONGs promoveram o “indigenismo de mercado”

Por Brasilino dos Santos*  A partir de administrações ligadas a ONGs, a Fundação Nacional do Índio (Funai) sofreu um processo de esvaziamento. Para traçar a história do indigenismo no Brasil, remetemo-nos inicialmente à atuação dos padres jesuítas, marcados por grandes personalidades históricas como Manuel da Nóbrega, José de Anchieta, que trabalharam para a catequese dos povos ameríndios ao mesmo tempo ...

Read More »

O Quinto Movimento

Por Aldo Rebelo* O livro que escrevi no retiro forçado da pandemia, O Quinto Movimento, Propostas para uma Construção Inacabada, é um depoimento sobre o Brasil, sua rica e bela história, seus desafios contemporâneos e seu futuro promissor. Divido a história do Brasil em quatro grandes períodos, que denomino movimentos, exatamente por conceber a História como a ação de forças sociais ...

Read More »

Diplomacia hipersônica

Em termos estritamente militares, a estratégia de cerco imposta à Federação Russa pelos EUA e seus submissos aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) tornou-se simbolicamente obsoleta em 1º de março de 2018, com a surpreendente revelação feita pelo presidente Vladimir Putin sobre as novas armas avançadas em desenvolvimento no país, em especial, vários tipos de mísseis hipersônicos ...

Read More »

O radicalismo “verde-indígena” favorece ilegalidades e o crime organizado

Do “Alerta Científico e Ambiental” (25/11/2021) Qualquer avaliação baseada em critérios de racionalidade, elementar bom senso e um conhecimento básico da região, permite concluir que muitos problemas reais da Amazônia Legal, comumente enquadrados nas categorias ambientais e indígenas, não podem ser enfrentados a sério com um enfoque simplista como o proposto pelo aparato ambientalista-indigenista internacional e seus apoiadores, baseado em ...

Read More »

Brasil: é imprescindível reverter a desindustrialização

Um artigo do empresário Carlos Rodolfo Schneider, no “Estadão” de 16 de novembro (“Redescobrindo a importância da indústria”), é o enésimo brado de advertência sobre a acelerada deterioração da indústria brasileira. Membro do Conselho Superior de Economia da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e do Conselho Empresarial da América Latina, Schneider faz uma síntese alarmante de ...

Read More »

EUA querem “proteger” Amazônia – ou seus produtores?

Em sua recente visita à Colômbia, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, anunciou que seu país está preparando um acordo regional para a proteção da Amazônia. O objetivo do plano é a formação de uma “nova parceria regional focada especificamente em lidar com o desmatamento impulsionado por commodities”, fornecendo “informações” a empresas, para que possam reduzir a dependência ...

Read More »

Dirigismo: a volta dos que foram – e recuaram da beira do abismo

Já se tornou lugar comum afirmar que a pandemia de Covid-19 escancarou as deficiências da globalização, com suas concentrações de certos setores produtivos em países com custos de produção menores (em especial, mão-de-obra), longas e complexas cadeias logísticas baseadas no conceito “just-in-time” e, acima de tudo, o aparente triunfo do neoliberalismo como doutrina orientadora da formulação de políticas econômicas. De ...

Read More »

Brasil: “reprimarização” se acelera

A manchete principal do jornal Valor Econômico de 13 de outubro sintetiza o drama do desastroso processo de desindustrialização acelerada que afeta o Brasil: “Commodities respondem por 70% das exportações.” A reportagem apresenta os dados do Indicador de Comércio Exterior (Icomex), calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV-Ibre). Nos nove primeiros meses do ano, os produtos primários representaram ...

Read More »

A “Bidenomics” e o fim da era de Milton Friedman

A edição de 1° de outubro da revista EU&Fim de Semana, encarte semanal do jornal Valor Econômico, traz uma oportuna discussão sobre a política econômica do presidente estadunidense Joe Biden, baseada em uma forte intervenção do governo federal em investimentos e coordenação estatal em várias áreas, uma tentativa de superar os danos causados por décadas de hegemonia dos mercados financeiros. Já rotulada ...

Read More »