Economia

Campeões do neoliberalismo promovem investimentos públicos em infraestrutura

No Reino Unido e nos EUA, berços do neoliberalismo e grandes paladinos retóricos do afastamento do Estado das economias, os investimentos públicos em infraestrutura voltam à baila, como respostas ao débil desempenho das duas economias, em especial, levando-se em conta a necessidade de uma robusta recuperação dos efeitos da pandemia de Covid-19. Em março, o governo britânico anunciou planos de ...

Read More »

O fracasso econômico sobe à cabeça de Paulo Guedes

Os dados não deixam margem a dúvidas. Com a queda de 4,1% no Produto Interno Bruto (PIB) registrada em 2020, o Brasil encerrou a década 2011-2020 com o pior desempenho econômico desde o início do século XX. A média anual foi de pífios 0,3%, bem inferior à da célebre “década perdida” de 1980, com 1,6% ao ano, basicamente decorrente da ...

Read More »

EUA: racha expõe “governo mundial”

A censura coletiva imposta pelas empresas controladoras das grandes redes sociais estadunidenses ao presidente Donald Trump e numerosos dos seus seguidores, na sequência dos episódios de 6 de janeiro, expôs às claras as motivações, o modus operandi e o ânimo da cúpula do Establishment oligárquico que domina o país, pilar central da hierarquia de poder que temos qualificado como “governo mundial” – termo que ...

Read More »

O golpe das privatizações e o fim do neoliberalismo

Por André Araújo Uma das maiores “fake news” do pensamento econômico do século XX, nascida nos anos 70, foi uma falsa repaginação dos conceitos de Adam Smith vendida ao mundo como “neoliberalismo”. Nascida na Inglaterra, poucos países compraram esse conceito, grandes economias emergentes do pós-guerra, como Índia e China, não tomaram conhecimento; os EUA não precisaram aculturar esse conceito, porque ...

Read More »

Amapá, a fase obscurantista das privatizações

O caos em que o Amapá foi mergulhado após a interrupção do fornecimento de eletricidade a grande parte do estado é o emblemático resultado de um processo de alienação do patrimônio e do papel do Estado à iniciativa privada, prevalecente desde o início da década de 1990, concebido para privilegiar os interesses dos novos concessionários dos serviços, com escasso compromisso ...

Read More »

Megabancos e ilícitos

O Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ) está no centro das atenções midiáticas, desde que obteve 2.500 páginas de relatórios de atividades suspeitas sobre os grandes bancos internacionais. São documentos enviados, no período 1999-2017, à Rede de Combate a Crimes Financeiros (Financial Crimes Enforcement Network – FinCEN) do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, agência federal encarregada de combater a ...

Read More »

O “orçamento de guerra” e as recordações do 3 de outubro

A imprensa brasileira noticia que o governo está considerando a necessidade de um novo “orçamento de guerra”, no caso de uma eventual segunda onda da pandemia de Covid-19 (quando o País ainda atravessa a primeira), e para tanto negocia com o Congresso Nacional a regulamentação de dispositivos na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do pacto federativo, para evitar problemas com ...

Read More »

A “Nova Economia para uma Nova Era”, nova investida para a “financeirização” da Amazônia

A manchete do “Estadão” de 13 de agosto estampou com destaque: “Brasil pode ganhar R$ 2,8 trilhões com ‘economia verde’, diz estudo.” E no subtítulo: “Segundo relatório, até 2030 País poderia incorporar uma Argentina a suas riquezas, além de criar mais 2 milhões de postos de trabalho.” Nada mau, pensaria o leitor, ainda mais com o País mergulhado na maior crise socioeconômica ...

Read More »

A falência da Wirecard e a “sociedade sem dinheiro”

A Wirecard AG, empresa de serviços financeiros e pagamentos digitais de Munique, entrou com um pedido de insolvência. Não é mais capaz de honrar as suas obrigações financeiras. Até ontem, era uma das 30 principais empresas alemãs listadas na Bolsa DAX de Frankfurt. Na véspera da insolvência, o valor de suas ações despencou de 100 para 5 euros. Esta é ...

Read More »

A craca neoliberal e o exclusivo “capitalismo sem risco” brasileiro

No final de março, quando já havia certeza sobre o grande impacto da pandemia de covid-19 na economia brasileira, ainda atolada no pântano de uma estagnação de cinco anos, o Banco Central (BC) apressou-se em aprovar um conjunto de medidas para injetar R$ 1,2 trilhão no sistema financeiro. Na ocasião, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, jactou-se de estar ...

Read More »