Ibero-América

Venezuela: militares brasileiros contra aventuras

Sem ruído, os militares brasileiros se posicionam como referências de sobriedade e lucidez em relação a certos temas delicados da política exterior, em especial, a crítica situação da Venezuela, em contraste com a incendiária e contraproducente retórica proveniente do Itamaraty e de alguns representantes do círculo íntimo do presidente Jair Bolsonaro. A principal preocupação dos militares é o chanceler Ernesto ...

Read More »

Sínodo Pan-Amazônico: a quem interessa um confronto Brasil-Vaticano?

A tentativa de transformar o vindouro Sínodo Pan-Amazônico em um instrumento político para promover a agenda das estruturas de “governo mundial” que, há décadas, se empenham para limitar a soberania brasileira na estratégica Região Amazônica com uma falaciosa “proteção” de indígenas e do meio ambiente, provocou uma esperada e enérgica reação do governo brasileiro. Em duas reportagens, publicadas no jornal O ...

Read More »

Aguardando a próxima tragédia anunciada

Mariana, Museu Nacional, prédios e viadutos desabando, Brumadinho… A lista é infindável, podendo ser recuada à data que se queira e sendo mantida em aberto, à espera da próxima tragédia, cuja única incerteza é quando e onde se abaterá sobre um País que parece incapaz de avançar no processo civilizatório. Um País que, desprovido de um projeto coletivo para o futuro, ...

Read More »

Venezuela: o último suspiro da Guerra Fria

A dramática crise da Venezuela é emblemática da dinâmica de mudança de época em curso no planeta e, principalmente, da enorme dificuldade de as potências hegemônicas do Ocidente, EUA à frente, admitirem a impossibilidade de se solucionarem problemas como esse com o arcabouço binário da Guerra Fria. De fato, as coalizões estabelecidas a favor e contra o desastroso governo do presidente Nicolás ...

Read More »

Brasil: unidade nacional em um mundo cooperativo

Em seu memorável discurso de despedida do Comando do Exército, em 11 de janeiro, o general Eduardo Villas Bôas citou uma crítica do jornalista estadunidense Walter Lippman ao chamado pensamento único: “Quando todos pensam da mesma maneira, é porque ninguém está pensando.” A crítica se aplica aos que adotam uma determinada visão ideológica do mundo, mas também aos que fazem ...

Read More »

Brasil: hora do desenvolvimento e do Bem Comum

O presidente Jair Bolsonaro assumirá o governo do País em um cenário socioeconômico dramático. A despeito dos prognósticos sobre um crescimento de 1,8% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2018, com números pouco maiores para 2019, a economia continua longe de um caminho firme para a recuperação da brutal recessão do período 2014-2017, a maior da história do País. O ...

Read More »

Brasil: pacificação e harmonia de interesses

Encerradas as eleições de 2018, possivelmente, as mais raivosas e turbulentas da era republicana, é hora de pacificar e unificar o País em torno de um empenho coletivo que permita a reversão, em prazo relativamente curto, da grave crise socioeconômica que o acossa há quatro anos e acene com uma real perspectiva positiva de futuro, em especial, aos jovens, as ...

Read More »

O funeral da “Nova República”

Acima de qualquer outra consideração, as eleições de 7 de outubro simbolizaram o dobre de finados da “Nova República”, com o toque adicional de ironia histórica de terem sido realizadas dois dias após o trigésimo aniversário da Constituição de 1988. A dita “Cidadã” foi o emblema de uma “redemocratização” meramente formal, que, desacompanhada de um projeto de Nação, limitou-se a ...

Read More »

Cinzas do arcaísmo

Na noite de 2 de setembro, estarrecidos, os brasileiros assistiram pela televisão ao trágico incêndio do Palácio de São Cristóvão, sede do Museu Nacional do Rio de Janeiro, o maior e mais antigo do País. Em poucas horas, o fogo incontrolável transformou em cinzas um acervo que representava dois séculos de História, a idade do museu, fundado em 1818 por ...

Read More »