Ibero-América

Exército chileno adverte sobre “soberania efetiva” para resguardar território e recursos

Assim como outros países da América do Sul, em especial, o Brasil e a Argentina, o Chile também está na mira de poderosos interesses transnacionais, que, dentro da ordem mundial da “globalização”, tencionam consolidar um sistema de “soberanias limitadas” sobre áreas ricas em recursos naturais. Os pretextos, como temos exposto neste Alerta, são a proteção do meio ambiente e a ...

Read More »

Colômbia: o pano de fundo do “não”

No domingo 2 de outubro, uma pequena margem de cidadãos colombianos (50,23% x 49,76%) rejeitou o acordo de paz articulado nos últimos quatro anos entre o governo do presidente Juan Manuel Santos e a liderança das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC). O resultado, que surpreendeu o mundo, não significa que os colombianos rejeitem a mais que merecida perspectiva de ...

Read More »

Pestilência da usura ameaça futuro do Brasil

Um recente levantamento feito pelo Instituto Assaf, entidade privada de pesquisas econômicas e financeiras voltada para o setor empresarial, listou os ganhos reais de um conjunto de investimentos no Brasil, no período 2001-2016. Na cabeça, com mais que o dobro do segundo colocado, apareceram as aplicações em títulos públicos, com 319,14% de ganhos acima da inflação. Em seguida, vieram o ...

Read More »

A Rio 2016 e a geopolítica dos esportes

O velocista estadunidense Justin Gatlin, uma das estrelas dos Jogos Olímpicos de 2016, está no Rio para desafiar o superastro jamaicano Usain Bolt na prova dos 100 metros rasos, da qual foi vencedor nas Olimpíadas de Atenas, em 2004. A saltadora de vara Yelena Izinbayeva, bicampeã olímpica, recordista mundial e a única mulher que já saltou acima dos 5 metros, ...

Read More »

No Chile, ideólogos do terror indigenista disseminam conflitos com mapuches

As violentas ações realizadas em nome de uma pretendia autonomia da etnia mapuche no Chile, instigadas pelas redes “etnonacionalistas” internacionais, estão no seu auge. Com o enfrentamento, cada vez mais radical, estabeleceu-se uma zona de terror nas regiões de Araucanía e Bío Bío. A área em convulsão se encontra na estratégica Patagônia, região rica em recursos naturais compartilhada entre o ...

Read More »

Brasil além do impeachment: hora de um novo projeto de Nação

A polarização ensejada pelo processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff tem dificultado sobremaneira quaisquer discussões racionais sobre a situação e, principalmente, o futuro imediato do País. De fato, a ruidosa e perigosa divisão do corpo político e da sociedade em facções belicosamente antagônicas, catalisada por suas posições pró ou contra o impedimento da presidente, tem deixado um espaço mínimo ...

Read More »

General Villas-Bôas: falta um projeto nacional

Em uma palestra comemorativa do Dia do Exército, 19 de abril, o comandante da força terrestre, general Eduardo Villas-Bôas, fez importantes considerações sobre o momento que vive o País. Em destaque, a sua afirmativa de que o Brasil está à deriva, devido à ausência de um projeto nacional de desenvolvimento.A seguir, reproduzimos as passagens referentes da palestra, que pode ser ...

Read More »

Maria Lucia Fattorelli: “Os juros são os maiores responsáveis pelo rombo nas contas públicas.”

Depois de se aposentar da Receita Federal, onde foi auditora fiscal durante 29 anos, Maria Lucia Fattorelli passou a dedicar o seu tempo a uma incansável pregação sobre os malefícios do que chama o “Sistema da Dívida”, a manipulação do endividamento público em benefício do sistema financeiro privado. Para tanto, criou a ONG Auditoria Cidadã da Dívida, com a qual ...

Read More »

Brasil: estado de anomia

Em recente conversa com um dos editores deste sítio, uma credenciada fonte empresarial paulista qualificou como anômica a situação atual do Brasil, em particular, quanto à falta de rumo da economia em meio ao que ameaça se converter na maior depressão da história do País desde a década de 1930, com a perspectiva de alguns anos de quedas sucessivas no ...

Read More »

Macri: entre Frondizi e o neoliberalismo

“Há que se esperar. As circunstâncias atuais são diferentes do período da ditadura e do menemismo.” Com estas palavras, o economista argentino Aldo Ferrer respondeu a uma indagação do diário Página 12, de inclinação política “esquerdista-mundialista”, sobre os temores de que o recém-eleito presidente Mauricio Macri venha a representar um retorno ao catastrófico ultraliberalismo econômico do regime militar de 1976-83 ...

Read More »