Ainda as fissuras na Aliança Atlântica

silk-road-Xinhua

Após o Reino Unido soar a trombeta, outros países europeus, como a Alemanha, França, Itália, Suíça e Luxemburgo, anunciaram a intenção de aderir como membros fundadores ao novo Banco Asiático de Investimentos em Infraestrutura (AIIB, em inglês), criado pela China, em um raro exemplo de desobediência aos EUA. Em sua coluna desta semana no Financial Times, o jornalista Martin Wolf, principal analista econômico do jornal que é um dos principais porta-vozes da City de Londres, joga mais lenha na fogueira, ao afirmar que “é loucura rejeitar o banco asiático”, como pretendem os EUA. Em suas palavras:

A ascensão econômica da China é benéfica e inevitável. O necessário é uma acomodação inteligente. Nos casos em que a China oferece propostas que façam sentido, para si e para o mundo, engajamento é mais sensato do que ficar reclamando de fora.

Vale a pena ler o artigo completo, o que pode ser feito no Valor Econômico de 25 de março. http://www.valor.com.br/opiniao/3973920/e-loucura-rejeitar-o-banco-asiatico

2 comments

  1. Coreia do Sul tambem tem anunciado participar no BIIA. —

  2. Novos mercados novas oportunidade em hum mercado com crescimento maior que 8 / ano negócio da china

x

Check Also

“Grande Reset”: o Sol nunca se põe para os colonialistas

Apontado como uma espécie de transformação histórica da economia mundial pelos seus idealizadores, o chamado ...