Quem apoia o Estado Islâmico?

as_6087079859800340

A derrubada de um avião de combate russo em território da Síria, por caças da Força Aérea Turca, escancarou de forma incontestável o papel duplo que a Turquia, a Arábia Saudita e certos países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) vêm desempenhando no conflito que avassala o país árabe. Por um lado, apóiam com toda a sua capacidade os jihadistas do Estado Islâmico e de outras organizações terroristas do gênero; pelo outro, fingem combatê-los, diante da opinião pública mundial, que cada vez mais abre os olhos para tais manipulações. Sobre o assunto, recomendamos dois artigos: um do sítio russo RT, em espanhol, sobre as motivações turcas para a agressão; e outro do jornal carioca O Globo, sobre o papel saudita na farsa. Aos leitores versados em inglês, vale a leitura do artigo do escritor argelino Kamal Daoud, no New York Times, sobre a atuação dos sauditas como “mães” do Estado Islâmico.

https://actualidad.rt.com/actualidad/192590-su24-provocacion-erdogan-rusia-otan

http://oglobo.globo.com/mundo/o-que-arabia-saudita-faz-nao-faz-na-luta-contra-ei-18142683

http://www.nytimes.com/2015/11/21/opinion/saudi-arabia-an-isis-that-has-made-it.html?_r=0

kamal Daoud, NYT 20/11

x

Check Also

Santa Sofia e Jerusalém, duas faces da mesma moeda do “choque das civilizações”

Em 10 de julho, o presidente turco Recep Erdogan anunciou em cadeia nacional de televisão ...