Todas as notas

O governo Temer e a Nova República acabaram. Hora de preparar um projeto nacional de desenvolvimento e evolução civilizatória

N. dos E. – A propósito dos acontecimentos em curso no País, reproduzimos os dois primeiros parágrafos da Introdução e os dois primeiros do capítulo 7 do livro Uma nação desarmada (Capax Dei Editora, 2016), no qual oferecemos elementos para as discussões sobre a reconstrução nacional. A eleição presidencial de outubro de 2014, que consagrou a vitória da presidente Dilma ...

Read More »

O imbróglio dos “gamelas”: uma entrevista reveladora

O caso dos autodenominados indígenas “gamelas” maranhenses é um exemplo emblemático da agenda operacional dos militantes do indigenismo, aí incluídos os antropólogos seguidores da chamada “Antropologia da Ação”, empenhados em implementar a agenda dos “nacionalismos indígenas”. Como exposto em outro artigo neste sítio, o grupo que reivindica o reconhecimento oficial como sendo integrante da antiga etnia indígena, integrado por cerca ...

Read More »

Macron, presidente virtual

O triunfo de Emmanuel Macron, no segundo turno das eleições presidenciais na França, tem sido estrondosamente saudado pelas forças do “globalismo” como uma vitória dos “valores europeus” sobre o retrógrado “populismo” de corte pró-fascista atribuído à sua adversária da Frente Nacional, Marine Le Pen. Como sintetizou a ex-candidata presidencial estadunidense, Hillary Clinton, em uma mensagem divulgada no Twitter, foi uma ...

Read More »

Como se fabrica um “massacre” (e uma “etnia”) indígena

A facilidade e a leviandade com que palavras fortes como “massacre”, “barbárie”, “genocídio” e outras similares são empregadas em quaisquer situações conflituosas envolvendo indígenas foram novamente evidenciadas, no embate entre autodenominados indígenas gamelas e proprietários de terras invadidas por eles, no Maranhão. O caso é um exemplo clássico das táticas de propaganda do aparato ambientalista-indigenista, em sua campanha permanente de ...

Read More »

Emmanuel Macron e a alta finança internacional

Valentin Katasonov* N. dos E. – O presente artigo, originalmente publicado no sítio Katehon.com (03/05/2017), apresenta informações relevantes sobre as origens “globalistas” de Emmanuel Macron, que lidera as pesquisas de intenção de voto para o segundo turno da eleição presidencial na França. Esta semana, a França estará no centro das atenções mundiais: o segundo turno da eleição presidencial ocorrerá no ...

Read More »

Palocci, Dirceu e o poder real

A decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), de soltar o ex-ministro José Dirceu, preso desde agosto de 2015 em Curitiba, como parte dos processos da Operação Lava Jato, proporciona uma aula prática sobre o modus operandi do núcleo duro do poder real no Brasil: o sistema financeiro, estreitamente apoiado pelas empresas de comunicação, em especial, as Organizações ...

Read More »

A máscara do “déficit” da Previdência

Por Maria Lucia Fattorelli* Com o intuito de defender a contrarreforma da Previdência de que trata a PEC 287/2016, no dia 26 de janeiro de 2017, o atual secretário da Previdência Social, Marcelo Caetano, veio a público apresentar catastrófico “déficit” da Previdência, o qual teria atingido em 2016 o valor de R$ 149,7 bilhões (1). O secretário ressaltou que esse ...

Read More »

Índios de RR querem ampliações e novas demarcações de terras

Não satisfeitos com o fato de ocuparem quase a metade do território do estado, os indígenas de Roraima estão mobilizados para ampliar a sua fatia, com a ampliação de quatro reservas e a demarcação de três novas. Em carta assinada pelos participantes da 46ª Assembleia Geral dos Povos Indígenas de Roraima, realizada em março, os indígenas pleitearam a ampliação das ...

Read More »

Por que as “Quatro Irmãs” apoiam o Acordo de Paris

Os “aquecimentistas”, defensores da jamais comprovada hipótese do aquecimento global supostamente causado pelas atividades humanas, estão fazendo a festa com o que está sendo propagandeado como o reconhecimento do fenômeno pelas grandes empresas petrolíferas internacionais, as sobreviventes do antigo cartel das “Sete Irmãs”, atualmente em número de quatro (ExxonMobil, Chevron, Shell e BP). De fato, tanto as “Quatro Irmãs” como ...

Read More »

O voto “antiglobalização” nas eleições francesas

O primeiro turno das eleições presidenciais francesas reforçou a tendência que vem se manifestando em todo o planeta, de rejeição às agendas “globalistas” das elites dirigentes, que já resultaram no referendo Brexit, na eleição de Donald Trump e na defenestração do primeiro-ministro italiano Matteo Renzi. Apesar de o ex-banqueiro e ex-ministro pró-status quo Emmanuel Macron ter sido vitorioso e já ...

Read More »