Michael Hudson explica o pesadelo da dívida

01-mi

No início de outubro, o Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou o seu novo relatório sobre a situação econômica mundial, e os prognósticos não são nada animadores. De acordo com o Fundo, apesar de ter sido “irrigado” com maciças injeções de dinheiro público, desde 2008, o sistema financeiro internacional não só não se recuperou dos efeitos da crise daquele ano, como os riscos de uma nova crise de grandes proporções continuam a crescer. Em uma entrevista à rede de webTV The Real News, o sempre preciso economista estadunidense Michael Hudson fala sobre a raiz do problema, o sistema da dívida e os juros, que inviabilizam uma recuperação sustentada das economias de todo o planeta. A transcrição da entrevista foi traduzida ao português e disponibilizada pelo sítio Outras Palavras, leitura altamente recomendável para o entendimento da crise global.

Comentários

comments

x

Check Also

Desindustrialização e políticas industriais: e agora, Brasil?

Os prognósticos apontam que a participação da indústria no PIB brasileiro deverá cair para a ...