Infraestrutura e integração regional

Hidrelétricas: escalada de guerra econômica contra o País

A cada dia, fica mais evidente que a campanha contra a construção de novas usinas hidrelétricas é parte da estratégia de guerra econômica do aparato ambientalista-indigenista internacional contra o Brasil. O efeito direito desta investida é uma considerável elevação dos custos dos empreendimentos, que se reflete nos altos custos da energia, que têm provocado grandes prejuízos à economia nacional. Em ...

Read More »

O PAC da engenharia militar

A atuação do Exército no planejamento e construção de obras de infraestrutura no País tem recebido uma crescente e merecida atenção por parte do governo federal e, igualmente, pela mídia. Em 12 de julho, o jornal Valor Econômico publicou uma reportagem sobre a participação do Departamento de Engenharia e Construção do Exército (DEC), em 34 obras em vários estados, das quais 25 ...

Read More »

Urge um movimento “SOS saneamento”

Apesar de não contar sequer com uma fração da importância e da publicidade atribuída a pseudoproblemas como o aquecimento global, os impactos socioeconômicos e ambientais das deficiências de saneamento no Brasil justificam que o assunto seja discutido e rediscutido à exaustão. Por isso, é bastante oportuno o novo artigo do presidente do Instituto Trata Brasil (ITB), Édison Carlos, no jornal O ...

Read More »

A erradicação dos lixões e o “urubu sustentável”

Caso prevaleça o atual ritmo de execução do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a meta de se eliminarem todos os lixões do país não será atingida até muito além do ano estabelecido de 2014. Especialistas do setor destacam que os entraves burocráticos, a falta de diretrizes claramente definidas e o pouco comprometimento político têm obstaculizado o avanço em um ...

Read More »

Energia: equívocos estratégicos

O planejamento estratégico do governo brasileiro no setor energético demonstra, de forma insofismável, que as lideranças nacionais responsáveis pelos processos decisórios parecem ter perdido a capacidade de pensar a longo prazo e por si próprias, sem se deixar enredar nos condicionantes externos em voga, como a ideologia e a agenda política do ambientalismo internacional. Este fato ficou evidenciado nas declarações ...

Read More »

São Paulo projeta hidroanel

Um estudo recém-divulgado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP) propõe a construção de um hidroanel de 117 km de extensão, para desafogar o trânsito na cidade de São Paulo (SP). A proposta alia o transporte hidroviário a obras para tratamento de lixo, combate a enchentes, despoluição dos rios Tietê e Pinheiros, criação de parques ...

Read More »

Brasil: infraestrutura “na gambiarra”

Já se tornou lugar comum afirmar que as deficiências do sistema de transportes e logística constitui um enorme gargalo para o desenvolvimento brasileiro. A falta de investimentos públicos e privados, de segurança jurídica e clareza nas regras do setor, sem falar de uma visão estratégica e integrada sobre a infraestrutura, têm representado pesados óbices para a rentabilidade dos setores produtivos. ...

Read More »

Bolívia: estrada suspensa, mas problemas prosseguem

Assustado com as violentas reações ao projeto da rodovia que atravessaria o Território Indígena Parque Nacional Isiboro Sécure (Tipnis), para ligar os departamentos de Beni e Cochabamba, o presidente boliviano Evo Morales pediu ao Congresso do país a suspensão do projeto em sua forma original. No último dia 11 de outubro, a Câmara dos Deputados tornou sem efeito a construção ...

Read More »

Carvão é a melhor opção para a África, dizem africanos

Dos 54 países do continente africano, apenas 15 deles dispoem de uma capacidade de geração elétrica superior a 500 MW, potência inferior à metade da gerada por uma única usina termelétrica de grande porte. A revelação, feita pelo executivo-chefe da empresa energética sul-africana Eskom, Brian Dames, no 21º Fórum Econômico Mundial para a África, realizado na Cidade do Cabo, no ...

Read More »

Usinas nucleares foram “vice-campeãs” no primeiro semestre

O Operador Nacional do Sistema (ONS) acaba de divulgar informações sobre a participação das diversas fontes de geração elétrica no primeiro semestre do ano. Segundo a entidade, as duas únicas usinas nucleares do País ocuparam o segundo lugar, ficando atrás somente das hidrelétricas. Enquanto estas últimas responderam por 92,11% do total fornecido ao Sistema Interligado Nacional (SIN), as nucleares ficaram ...

Read More »