Ambientalismo

O imbróglio dos “gamelas”: uma entrevista reveladora

O caso dos autodenominados indígenas “gamelas” maranhenses é um exemplo emblemático da agenda operacional dos militantes do indigenismo, aí incluídos os antropólogos seguidores da chamada “Antropologia da Ação”, empenhados em implementar a agenda dos “nacionalismos indígenas”. Como exposto em outro artigo neste sítio, o grupo que reivindica o reconhecimento oficial como sendo integrante da antiga etnia indígena, integrado por cerca ...

Read More »

Por que as “Quatro Irmãs” apoiam o Acordo de Paris

Os “aquecimentistas”, defensores da jamais comprovada hipótese do aquecimento global supostamente causado pelas atividades humanas, estão fazendo a festa com o que está sendo propagandeado como o reconhecimento do fenômeno pelas grandes empresas petrolíferas internacionais, as sobreviventes do antigo cartel das “Sete Irmãs”, atualmente em número de quatro (ExxonMobil, Chevron, Shell e BP). De fato, tanto as “Quatro Irmãs” como ...

Read More »

Universalização do saneamento produziria ganhos de R$ 537 bilhões em 20 anos

O incansável Instituto Trata Brasil (ITB) prossegue em sua campanha permanente em prol do saneamento básico no País. Agora, demonstrando que os ganhos com a expansão dos serviços de água e esgoto são maiores que os custos incorridos – ou seja, que não meras despesas, mas investimentos rentáveis. As conclusões são de um estudo intitulado Benefícios Econômicos e Sociais da ...

Read More »

Acordo de Paris: RIP

O acordo climático de Paris, assinado com grande pompa e circunstância ao final de 2015, está morto. Quem afirma é o veterano jornalista canadense Lorrie Goldstein, do jornal Toronto Sun, num artigo publicado em 19 de março. Segundo Goldstein, a causa do óbito foi o orçamento federal dos EUA para 2018, apresentado ao Congresso pelo presidente Donald Trump. Embora o ...

Read More »

Ambientalistas, indigenistas e outros “istas” promovem Dia de Ação contra Barragens

A terça-feira 14 de março presenciou a celebração do Dia Internacional de Ação Contra Barragens. Promovido pela habitual coalizão de organizações não-governamentais (ONGs) que compõem o aparato ambientalista-indigenista no País, a mobilização incluiu manifestações em vários estados, com destaque para o bloqueio da rodovia BR-425, em Nova Mamoré (RO), em protesto contra o projeto da usina hidrelétrica de Ribeirão. O ...

Read More »

A razia “verde” de Trump

O alerta máximo com que o aparato ambientalista aguardava a posse de Donald Trump se justificou antes mesmo de o novo presidente estadunidense ocupar o seu gabinete de trabalho na Casa Branca. Mal Trump encerrou o seu discurso de posse, na tradicional cerimônia ao ar livre que marca as passagens de poder em Washington, o sítio da Casa Branca foi ...

Read More »

Dados climáticos manipulados para Conferência de Paris

Um novo escândalo sacode a estrutura internacional de interesses vinculados ao controvertido tema das mudanças climáticas. Assim como ocorreu com o célebre caso “Climategate” de 2009, que abalou a credibilidade da Unidade de Pesquisas Climáticas da Universidade East Anglia (CRU, na sigla em inglês), o novo escândalo também envolve a manipulação de dados das temperaturas atmosféricas, para fazê-las se “ajustar” ...

Read More »

Greenpeace celebra “vitórias” no Brasil em 2016

Uma triunfante nota postada no sítio do Greenpeace Brasil, em 21 de dezembro, comemora as ações que a ONG considera como as “vitórias” obtidas ao longo do ano. Na lista, são citadas: 1) a campanha Carne ao Molho Madeira, “em que três grandes redes de supermercado do Brasil se comprometeram a não comprar carne contaminada com o desmatamento da Amazônia”; ...

Read More »

Indicação de Trump para EPA pode sinalizar reversão da agenda ambientalista

De nada adiantaram as reuniões solicitadas por paladinos do ambientalismo, como o ex-vice-presidente Al Gore e o ator Leonardo di Caprio, que tentaram convencê-lo da suposta gravidade das mudanças climáticas. O presidente eleito Donald Trump começou a demonstrar que falava sério quando incluiu em sua agenda de campanha o desmantelamento de parte do aparato ambientalista encastelado na estrutura do governo ...

Read More »

O (alto) custo do radicalismo ambientalista-indigenista

Em um momento decisivo para a definição do rumo que a sociedade brasileira dará ao País, um aspecto fundamental é o enquadramento do radicalismo ambientalista-indigenista, que precisa ser prontamente subordinado aos interesses maiores da Nação e retirado do controle do aparato supranacional que o explora em favor de uma agenda ideológica e política. Tal necessidade se torna um imperativo, diante ...

Read More »